Publicado em Deixe um comentário

A difícil conciliação

Um comentário sobre “A difícil conciliação

  1. É triste perceber que a educação no Brasil, e mais ainda no Rio Grande do Sul que já foi um dos estados mais cultos da nação,está cada vez mais precária. Falta material humano e físico,vontade governamental. Mas pra mim o mais triste é que os professores perderam o sentido de vocação, e se deixaram frustrar por todas as dificuldades.

  2. Oi, Diego!
    Eu tenho lá minhas dúvidas se o nosso estado realmente já foi o mais culto do país. Acho que a verdadeira cultura, a alta cultura – aquela que constitui os legados universais de um povo -, só visitou a existência de meia dúzia de brasileiros. Uma dúzia, no máximo. O resto era repetição, erudição, enfim… Mas nem isso existe mais. O que torna o nosso horizonte ainda mais tenebroso.
    Quanto à questão da vocação, concordo totalmente contigo. E o pior é perceber isso não apenas com respeito aos professores, mas também com relação demais profissionais. Médicos que só querem saber de dinheiro, juízes e advogados idem…
    Por essas e muitas outras que não podemos nos conformar com este mundo, como disse o apóstolo. 😉
    Um abraço e obrigada pelo comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *