Publicado em Deixe um comentário

Das coisas com que eu jamais pensei que me importaria

Um comentário sobre “Das coisas com que eu jamais pensei que me importaria

  1. Que coisa linda! E essas fotinhos foram um grande presente! Aguardamos novas aventuras… Viva os sapos e as aranhas/, e que Deus abençoe vocês! 😀

  2. Estou muito feliz por você, Camila!
    Que Deus abençoe vocês!

  3. Camila, não nos conhecemos pessoalmente, mas fico feliz como se vcs fizessem parte da família. Também fizemos esta mudança há cinco anos atrás, quando engravidei do meu quarto filho e não me arrependo nem um pouco. Cuidar de uma casa é sempre mais trabalhoso, mas vale a pena. Vocês vão ver que homeschooling vai ser muito mais natural agora, e muito mais fácil porque existem descobertas no quintal que são muito mais eficazes do que qualquer mega projeto que preparamos. Parabéns pela nova etapa da vida de vcs. Nunca mais pelados pedalantes! Um viva para as aranhas e para os dapos!

  4. Que bom ler seu texto Camila! Não há nada melhor do que a alegria das crianças descobrindo a vida ao vivo, e na simplicidade. Que essa mudança traga boas descobertas e muitos picnics!

  5. Muito obrigada, querida Ira!

  6. Amém! Obrigada pelo carinho, Gabriela!

  7. É isso aí, Roberta! Temos muito mais trabalho, mas muito mais alegria e liberdade também!
    Um grande abraço!

  8. Com certeza, Rocha! 😉 Um abração!

  9. Hoje moro em uma capital, mas cresci no interior. E esse é um dos grandes tesouros da minha vida.
    Andar pelas ruas despreocupada, correr, pular, andar de bicicleta, ser filho de Fulana e Sicrano e não um alguém desconhecido, verde, bichos (lá em casa era aranhas, sapos, lagartixas, pássaros e sagüis, ter árvores frutíferas no quintal de casa, sentar na calçada e brincar enquanto os adultos conversam… tesouros.

    Sem dúvida, um grande investimento! Fico feliz por vocês. =]

  10. Oi Camila!
    Esse também é o meu sonho,morar em lugar onde tranquilo onde a vida passa devagar.
    Ultimamente tenho pensado muito em ir embora do Brasil.Muita coisa no país tem me deixado com medo de morar aqui.
    As vezes penso que pode ser covardia minha,não ficar para poder arrumar toda essa bagunça,mas o que posso fazer se tem mais pessoas para bagunçar do que arrumar. Mas quando vejo e leio post como o seu,vejo uma luz no fim do túnel e a vontade de acreditar que viver aqui ainda é possível,ressurge como a Fênix.
    Parabéns! que a sua família muito feliz!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *